• O reaparecimento em força e em acção das Comissões e Associações de moradores.
  • Ver finalmente os imigrantes nas ruas. Raramente aparecem, não sei se mais por falta de informação ou mais por medo de mostrar a cara (e que a polícia apareça para uma rusga). – (eu aposto na segunda…)
  • Ver finalmente uma manifestação dominada pela cidadania e por associações de cidadãos, em que os partidos políticos presentes estiveram “por arrasto” e não na liderança nem na organização.

Também foi muito bom ver mais gente do que eu tinha esperado.

Anúncios