Segundo ponto: é óbvio que quem fala sobre insegurança é quem mais sabe do assunto. Mais ninguém conhece tantos criminosos (coisas pequenas, nada de grave: tráfico de armas, droga, ASSASSÍNIO…) como o tipo que falou na insegurança.

Mas se quer tornar a cidade mais segura, pode sempre emigrar com os amigos para… (ora deixa cá ver a quem é que eu desejo tamanha desgraça)… só se fôr para o meio do deserto (longe das rotas de circulação dos tuarégues) onde só haja areia! E mesmo a areia, coitada…

Anúncios