VER PARA AGIR

Porque só depois de sabermos o que constitui cada pequena parcela da dívida pública poderemos saber o que pensar dela. Quando soubermos quanto devemos, a quem, a título de quê. Depois teremos nas nossas mãos toda a informação para pensar, reflectir sobre cada parcela da dívida e saber, assim, o que queremos exigir ao governo relativamente a cada uma (se alguma exigência há a fazer). Mas primeiro a informação, a transparência. É isso a auditoria: transparência e informação nas nossas mãos.

Cidadã, porque só a iniciativa cidadã garante total transparência. O governo tentaria esconder todos os erros dos governos passados do mesmo partido, para evidenciar apenas os erros do partido oposto. As grandes auditoras têm um papel tão importante na geração da crise e no lucro que dela tiram, que não garantem a menor imparcialidade. Portanto, apenas uma comissão designada pela cidadania pode conseguir a transparência necessária.

Na Irlanda o mesmo processo começa a produzir resultados concretos. Não é um processo vazio. Tem resultados.

Depois, de informação na mão e punho em riste, depende de nós o que fazer com ela.

Ligações:

http://auditoriacidada.info/

http://www.facebook.com/pages/Iniciativa-por-Uma-Auditoria-Cidad%C3%A3-%C3%A0-D%C3%ADvida-P%C3%BAblica/242233212502615

Anúncios