You are currently browsing the tag archive for the ‘poder local’ tag.

Dia 1 de Novembro numa aldeia ribatejana. Como habitualmente, está marcada uma romagem ao cemitério local a meio da tarde.

Mas, neste ano do Senhor, estando no poder local a união nacional desta república oficialmente católica, as orações são precedidas por um discurso do presidente da junta de freguesia. Vem apresentar-se à população, falar da junção de freguesias e da ampliação do cemitério (decisão e obra do efectivo anterior, mas isso não vem ali ao caso). Depois o sr. presidente passa a palavra ao sr. padre, que dirige a cerimónia religiosa. No fim, sendo evidente a presença de membros do efectivo anterior, o sr. presidente da junta volta a dirigir a palavra aos fiéis para assinalar, finalmente, que é o culminar de um trabalho da junta anterior.

E assim se dá por encerrada a cerimónia religiosa do 1 de Novembro numa freguesia socialista em 2013 e termina a minha visita a um estado confessional católico, coisa que eu nunca pensei vir a conhecer.

 

Auditoria

Que se lixe a troika